Sudão guarda pirâmides da dinastia de faraós negros dos reinos da Núbia

Construído por volta de a. A Grande Pirâmide, na verdade, compõe um conjunto de construções que nomeiam as chamadas Pirâmides de Gizé. Sendo somente ela reconhecida como uma maravilha, foi uma obra encomendada pelo faraó Quéops, que pretendeu utilizar aquele grandioso projeto para abrigar o seu sarcófago e todas as outras preciosidades que deveria carregar em sua outra existência. Como os egípcios levantavam aqueles pesados blocos de pedra que, em média, pesavam cerca de três toneladas? A primeira sugere que cada pedra era deslocada com o uso de embarcações ao longo do rio Nilo. Outra teoria cogita que os blocos tivessem sido construídos pelos próprios egípcios com o uso de um tipo de cimento. Uma primeira teoria diz que os blocos eram arrastados por meio de uma rampa próxima à base da pirâmide. Recentemente, o arquiteto Jean-Paul Houdini cogitou que os blocos mais elevados tivessem sido carregados com rampas internas. Para descobrir outros compartimentos na pirâmide, os cientistas teriam que ser obrigados a utilizar explosivos que poderiam comprometer a estrutura da mesma.

Artigos Relacionados

O Grito refere-se a uma série de pinturas produzidas em Elas misturam as dimensões da lucidez e do delírio em uma só peça. Depois a morte dos faraós, o povo egípcio acreditava que os espíritos dos reis ainda permaneciam no corpo, logo, precisavam de cuidados especiais. Para eles, os egípcios utilizaram trenós para transportar as pedras e molhavam o terreno a fim de evitar atrito. Eles explicam que essa técnica de umedecer o solo poderia ter facilitado o deslocamento das pedras gigantes que foram utilizadas na base das pirâmides. Essa possibilidade, baseada em estudos científicos, aparece em uma gravura feita na parede da tumba de Djehutihotep, um antigo monarca egípcio que reinou em a. Na obra, os autores explicam que além de trenós, os egípcios utilizaram rampas internas e externas em volta da estrutura para ajudar com o deslocamento das grandiosas pedras até o topo.

Exercícios sobre o Egito Antigo

Datada de 2 a. Para botar de pé os monumentos, que nada restante eram que tumbas luxuosas para os faraós, estima-se que 30 mil egípcios trabalharam durante 20 anos. Além do pessoal que pegava pesado, havia arquitetos, médicos, padeiros e cervejeiros. Alguns apostam em mil trabalhadores, além de teses que atribuem a obra a ETs!

132133134135136

Leave a Reply

Your email address will not be published.*

Back to top button